Imprensa

Serviços

Nosso instagram

.
.

Segundo a Organização Mundial da Saúde a introdução alimentar deve começar a partir dos 6 meses de idade. Antes disso, a amamentação deve ser exclusiva e em livre demanda. Após os 6 meses, é indicado que a amamentação continue até os 2 anos ou mais.
.
✅A introdução alimentar deve ser feita de forma lenta e gradual. Primeiro começamos pelas frutas. Depois acrescentamos os legumes, vegetais coloridos, verduras e proteínas. Por último, o arroz e os grãos (feijão, lentilha, ervilha etc). É fundamental, deixar os grãos de molho por 48 horas (trocando a água) para ajudar na eliminação de fatores antinutricionais e evitar formação de gases.
.
✅É fundamental respeitar o tempo, a aceitação e o apetite de cada criança. Evite comparações.
.
✅Entre os 6 e os 12 meses o recomendado é oferecer apenas água. Sucos somente após 1 ano de idade. O suco de frutas oferece pouca quantidade de fibras dietéticas quando comparado à fruta in natura. Com a redução de fibras, o consumo dessas bebidas pode hipersolicitar o pâncreas da criança, aumentando os índices de açúcar no sangue além de contribuir para o aumento do peso. Introduza frutas frescas, papinhas de frutas ou frutas cozidas depois do sexto mês e deixe os sucos para após um ano de idade.
.
✅Durante a introdução alimentar é muito comum que o bebê coma pouco, recuse muitos alimentos e não corresponda as expectativas dos pais comendo menos que o esperado. Lembre-se que o mais importante é a qualidade e não a quantidade.
.
✅Na hora de comer evite distrações. Valorize o momento da alimentação e o momento em família.
.
✅Qual método de introdução alimentar escolher: papinha, BLW, pê-efinho?  A escolha deve considerar os hábitos e a rotina da família e do bebê.
.
Dra. Erika Almeida
Nutrição Clínica Funcional
Nutrição Materno Infantil
.
#introducaoalimentar #blw #nutriçãomaternoinfantil #papinhasaudavel #erika.almeidanutri #maternidade #comidadebebe #nutricaoinfantil #primeirosmildias #padariadosbebes
. . Segundo a Organização Mundial da Saúde a introdução alimentar deve começar a partir dos 6 meses de idade. Antes disso, a amamentação deve ser exclusiva e em livre demanda. Após os 6 meses, é indicado que a amamentação continue até os 2 anos ou mais. . ✅A introdução alimentar deve ser feita de forma lenta e gradual. Primeiro começamos pelas frutas. Depois acrescentamos os legumes, vegetais coloridos, verduras e proteínas. Por último, o arroz e os grãos (feijão, lentilha, ervilha etc). É fundamental, deixar os grãos de molho por 48 horas (trocando a água) para ajudar na eliminação de fatores antinutricionais e evitar formação de gases. . ✅É fundamental respeitar o tempo, a aceitação e o apetite de cada criança. Evite comparações. . ✅Entre os 6 e os 12 meses o recomendado é oferecer apenas água. Sucos somente após 1 ano de idade. O suco de frutas oferece pouca quantidade de fibras dietéticas quando comparado à fruta in natura. Com a redução de fibras, o consumo dessas bebidas pode hipersolicitar o pâncreas da criança, aumentando os índices de açúcar no sangue além de contribuir para o aumento do peso. Introduza frutas frescas, papinhas de frutas ou frutas cozidas depois do sexto mês e deixe os sucos para após um ano de idade. . ✅Durante a introdução alimentar é muito comum que o bebê coma pouco, recuse muitos alimentos e não corresponda as expectativas dos pais comendo menos que o esperado. Lembre-se que o mais importante é a qualidade e não a quantidade. . ✅Na hora de comer evite distrações. Valorize o momento da alimentação e o momento em família. . ✅Qual método de introdução alimentar escolher: papinha, BLW, pê-efinho? A escolha deve considerar os hábitos e a rotina da família e do bebê. . Dra. Erika Almeida Nutrição Clínica Funcional Nutrição Materno Infantil . #introducaoalimentar #blw #nutriçãomaternoinfantil #papinhasaudavel #erika.almeidanutri #maternidade #comidadebebe #nutricaoinfantil #primeirosmildias #padariadosbebes
.
.
A enxaqueca é uma manifestação muito comum entre as mulheres. Porém, não é normal. Trata-se de uma desordem neurológica, caracterizada por episódios de dor de cabeça intensa e persistente, decorrente de diversos gatilhos como alterações hormonais, problemas imunológicos, doenças existentes e pode ser um sinal de desequilíbrio nutricional.
.
Estudos tem demostrado que aumentar o aporte de vitamina D promove redução no tempo do sintoma. Como está seu nível de vitamina D? Já dosou? Lembre-se, antes de utilizar suplementação é fundamental avaliar seu nível no sangue. Apostar em alimentos fontes de vitamina D como ovos e peixes pode ser uma estratégia interessante para o tratamento.
.
As vitaminas do complexo B também são fundamentais. Estudo com mulheres que apresentavam enxaqueca mostrou positiva associação entre polimorfismo no metabolismo de folato e a severidade dos sintomas. O adequado consumo de folato nestas condições pode reduzir a frequência dos episódios de enxaqueca. Outra vitamina que foi correlacionada com a redução da enxaqueca e suas consequências foi a riboflavina. É importante lembrar que a sinergia entre os nutrientes sejam vitaminas do complexo B, minerais, antioxidantes entre outros é um fundamental para otimizar os resultados. Tal sinergia é encontrada nos alimentos como frutas, verduras, legumes, cereais integrais e oleaginosas.
.
Alimentos anti-inflamatórios desempenham importante função na redução de reações inflamatórias. Estudo utilizando o consumo de ômega 3 e curcumina (composto bioativo da Curcuma longa) mostrou redução nas concentrações de marcadores inflamatórios em pacientes que apresentavam enxaqueca, indicando um possível benefício neste contexto. Além disso, muitas pacientes melhoram com a restrição de glúten.
.
A orientação acima não substitui a consulta com nutricionista. Para entender como funciona o tratamento, considerando suas características e objetivos, procure um nutricionista especializado.
.
Dra Erika Almeida
Nutrião Clínica Funcional
Nutrição Materno Infantil
.
#nutrição #nutriçãofuncional#organicos #biodinamicos#saudedamulher#nutricaomaternoinfantil#emagrecercomsaude#erika.almeidanutri
. . A enxaqueca é uma manifestação muito comum entre as mulheres. Porém, não é normal. Trata-se de uma desordem neurológica, caracterizada por episódios de dor de cabeça intensa e persistente, decorrente de diversos gatilhos como alterações hormonais, problemas imunológicos, doenças existentes e pode ser um sinal de desequilíbrio nutricional. . Estudos tem demostrado que aumentar o aporte de vitamina D promove redução no tempo do sintoma. Como está seu nível de vitamina D? Já dosou? Lembre-se, antes de utilizar suplementação é fundamental avaliar seu nível no sangue. Apostar em alimentos fontes de vitamina D como ovos e peixes pode ser uma estratégia interessante para o tratamento. . As vitaminas do complexo B também são fundamentais. Estudo com mulheres que apresentavam enxaqueca mostrou positiva associação entre polimorfismo no metabolismo de folato e a severidade dos sintomas. O adequado consumo de folato nestas condições pode reduzir a frequência dos episódios de enxaqueca. Outra vitamina que foi correlacionada com a redução da enxaqueca e suas consequências foi a riboflavina. É importante lembrar que a sinergia entre os nutrientes sejam vitaminas do complexo B, minerais, antioxidantes entre outros é um fundamental para otimizar os resultados. Tal sinergia é encontrada nos alimentos como frutas, verduras, legumes, cereais integrais e oleaginosas. . Alimentos anti-inflamatórios desempenham importante função na redução de reações inflamatórias. Estudo utilizando o consumo de ômega 3 e curcumina (composto bioativo da Curcuma longa) mostrou redução nas concentrações de marcadores inflamatórios em pacientes que apresentavam enxaqueca, indicando um possível benefício neste contexto. Além disso, muitas pacientes melhoram com a restrição de glúten. . A orientação acima não substitui a consulta com nutricionista. Para entender como funciona o tratamento, considerando suas características e objetivos, procure um nutricionista especializado. . Dra Erika Almeida Nutrião Clínica Funcional Nutrição Materno Infantil . #nutrição #nutriçãofuncional#organicos #biodinamicos#saudedamulher#nutricaomaternoinfantil#emagrecercomsaude#erika.almeidanutri
.
.
O sódio é um mineral presente no sal de cozinha e cada grama de sal contém 400 miligramas de sódio.
.
A grande preocupação não está no sal que você adiciona para o preparo do arroz ou feijão, mas sim no sódio presente nos produtos industrializados.
.
Segundo a Organização Mundial da Saúde, o ideal é não ultrapassar o limite de consumo de 2 gramas de sódio por dia, o que equivale a 5 gramas de sal. No entanto, o brasileiro consome mais que o dobro da recomendação: 12 gramas de sal por dia.
.
O sódio é utilizado pela indústria de alimentos para aumentar o prazo de validade dos produtos e, muitas vezes, contribui para atingir mais da metade ou até o limite máximo de consumo de sódio por dia.
.
Um dos produtos com maior teor de sódio e muito consumido por adultos e crianças, inclusive por crianças em introdução alimentar (diga-se: um crime contra crianças) é o macarrão instantâneo.
.
Cada pacote de macarrão instantâneo apresenta 5g de sal, o que já atinge o limite máximo de consumo de sódio recomendado pela Organização Mundial da Saúde.
.
Atenção aos rótulos! Prefira COMIDA DE VERDADE, ricas em nutrientes, antioxidantes, substâncias que realmente ajudarão na formação adequada do organismo. Menos PACOTE e CAIXINHA.
.
A orientação acima não substitui a consulta com nutricionista. Para entender como funciona o tratamento, considerando suas características e objetivos, procure um nutricionista especializado.
.
Dra Erika Almeida
Nutrião Clínica Funcional
Nutrição Materno Infantil
.
#nutrição #nutriçãofuncional #organicos #biodinamicos #saudedamulher #nutricaomaternoinfantil #emagrecercomsaude #erika.almeidanutri
. . O sódio é um mineral presente no sal de cozinha e cada grama de sal contém 400 miligramas de sódio. . A grande preocupação não está no sal que você adiciona para o preparo do arroz ou feijão, mas sim no sódio presente nos produtos industrializados. . Segundo a Organização Mundial da Saúde, o ideal é não ultrapassar o limite de consumo de 2 gramas de sódio por dia, o que equivale a 5 gramas de sal. No entanto, o brasileiro consome mais que o dobro da recomendação: 12 gramas de sal por dia. . O sódio é utilizado pela indústria de alimentos para aumentar o prazo de validade dos produtos e, muitas vezes, contribui para atingir mais da metade ou até o limite máximo de consumo de sódio por dia. . Um dos produtos com maior teor de sódio e muito consumido por adultos e crianças, inclusive por crianças em introdução alimentar (diga-se: um crime contra crianças) é o macarrão instantâneo. . Cada pacote de macarrão instantâneo apresenta 5g de sal, o que já atinge o limite máximo de consumo de sódio recomendado pela Organização Mundial da Saúde. . Atenção aos rótulos! Prefira COMIDA DE VERDADE, ricas em nutrientes, antioxidantes, substâncias que realmente ajudarão na formação adequada do organismo. Menos PACOTE e CAIXINHA. . A orientação acima não substitui a consulta com nutricionista. Para entender como funciona o tratamento, considerando suas características e objetivos, procure um nutricionista especializado. . Dra Erika Almeida Nutrião Clínica Funcional Nutrição Materno Infantil . #nutrição #nutriçãofuncional #organicos #biodinamicos #saudedamulher #nutricaomaternoinfantil #emagrecercomsaude #erika.almeidanutri
.
.
Seja para o lanche da escola ou para levar para o trabalho será que vale a pena investir em sucos de caixinha? A resposta é: Não. Embora práticos, não são nada saudáveis. Sucos de caixinha são ricos em açúcar, adoçantes artificiais corantes e conservantes.
. 
Nutri, o suco natural não perde seus nutrientes se não for consumido logo após o preparo? É verdade que a oxidação dos nutrientes contribui para perda de nutrientes. No entanto, mesmo que hajam perdas a alta concentração inicial de nutrientes permitirá que o suco natural ainda sim tenha grande concentração de nutrientes.  Além disso, testes realizados demonstraram que o suco ainda preservou 76% da vitamina C até 4 horas depois de espremido.
.
Não tenho tempo para fazer sucos todos os dias. O que fazer nutri? Para você que precisa economizar tempo: escolha um dia na semana higienize, corte e armazene as frutas em potes de vidro. Assim fica mais fácil e na hora de fazer o suco já está tudo pré-preparado. Outra opção é fazer os sucos e congelar em forminhas de gelo.
.
Qual seria a alternativa para o suco da lancheira ou mesmo para o intervalo no trabalho?  Adote alguns cuidados que ajudarão a diminuir a perda de vitaminas por oxidação: utilize garrafas escuras, como as térmicas ou as de alumínio com tampa. Caso não tenha tampa utilize papel filme para evitar contato com o ar.
.
A orientação acima não substitui a consulta com nutricionista. Para entender como funciona considerando suas características e objetivos procure um nutricionista especializado.
.
Dra Erika Almeida
Nutrião Clínica Funcional
Nutrição Materno Infantil
.
#nutrição #lancheiraescolar #nutriçãomaternoinfantil #sucosnaturais #nutriçãofuncional #maternidade #erika.almeidanutri
. . Seja para o lanche da escola ou para levar para o trabalho será que vale a pena investir em sucos de caixinha? A resposta é: Não. Embora práticos, não são nada saudáveis. Sucos de caixinha são ricos em açúcar, adoçantes artificiais corantes e conservantes. . Nutri, o suco natural não perde seus nutrientes se não for consumido logo após o preparo? É verdade que a oxidação dos nutrientes contribui para perda de nutrientes. No entanto, mesmo que hajam perdas a alta concentração inicial de nutrientes permitirá que o suco natural ainda sim tenha grande concentração de nutrientes. Além disso, testes realizados demonstraram que o suco ainda preservou 76% da vitamina C até 4 horas depois de espremido. . Não tenho tempo para fazer sucos todos os dias. O que fazer nutri? Para você que precisa economizar tempo: escolha um dia na semana higienize, corte e armazene as frutas em potes de vidro. Assim fica mais fácil e na hora de fazer o suco já está tudo pré-preparado. Outra opção é fazer os sucos e congelar em forminhas de gelo. . Qual seria a alternativa para o suco da lancheira ou mesmo para o intervalo no trabalho? Adote alguns cuidados que ajudarão a diminuir a perda de vitaminas por oxidação: utilize garrafas escuras, como as térmicas ou as de alumínio com tampa. Caso não tenha tampa utilize papel filme para evitar contato com o ar. . A orientação acima não substitui a consulta com nutricionista. Para entender como funciona considerando suas características e objetivos procure um nutricionista especializado. . Dra Erika Almeida Nutrião Clínica Funcional Nutrição Materno Infantil . #nutrição #lancheiraescolar #nutriçãomaternoinfantil #sucosnaturais #nutriçãofuncional #maternidade #erika.almeidanutri
Siga-nos